O que não tem na geladeira - abobrinha assada com alecrim

Vento no Rosto - Produção de Textos e Livros – Fotos e Vídeos

(16) 99119-2552
Vento no Rosto - Produção de Textos e Livros – Fotos e Vídeos

Palavras ao vento

suzana-abobrinha-assada-com-alecrim

O que não tem na geladeira – abobrinha assada com alecrim

Chegamos à receita 10: abobrinha assada com alecrim. E a Julie Powell que há em mim surtou. Pois é. Aconteceu no filme também, um dia a Julie surtou, mas eu aposto que não foi pelo mesmo motivo. Aliás, eu aposto que a Julie Powell jamais faria o que eu fiz hoje.

Estava tudo planejado. André e eu fomos cedo ao mercado para fazer a receita do dia. Ou melhor, da noite. Ele estava de folga nesta terça-feira e estaria em casa para a janta, então escolhemos um prato especial: risoto de beterraba com figo e presunto cru. Lindo!

risoto-beterraba-rita-loboSaímos para o mercado bem empolgados, com a lista de compras elaborada antes de sair de casa, ainda com o livro de receitas nas mãos. Vimos o que precisaríamos ter na geladeira para preparar essa receita que, no livro, parecia tão apetitosa. E detalhe: a receita 10 estava na página 100! Tudo parecia conspirar positivamente.

Escolhemos um bom vinho, afinal, beberíamos o que não fosse utilizado no risoto. É época de figo, então foi fácil encontrar figos lindos. E optamos por uma marca italiana de presunto cru, naquela linha de que o ingrediente tem que ser bom. Maravilha!

Chegamos em casa e fui trabalhar. Tinha reunião pela manhã, textos para entregar, entrevista agendada e vídeos para editar. Tudo fluiu bem e chegou a hora de descansar… ou melhor, de cozinhar.

O que não tem na geladeira

Abri o livro “O que tem na geladeira” na página 100 e, então, comecei a separar os ingredientes: beterrabas, cebola roxa, cenoura, salsão, cravos-da-índia e folha de louro. Então fui para a página ao lado e o primeiro item era: 1 xícara de arroz para risoto! Santo Deus, Batman! Isso não tem na geladeira!!

Olhei para o Dex inconformada. Vasculhamos os armários onde guardamos os mantimentos e nada. Então, nem pestanejei: abri o app do Uber, digitei o endereço do mercado mais próximo de casa, coloquei a máscara desci as escadas feito louca. O Uber estava a menos de 1 minuto.

Entrei esbaforida e desabafei com o Vaudemilson Orlando: preciso encontrar um ingrediente fundamental para a receita da minha janta, é caso de vida ou morte… da receita! O motorista do Uber, empenhado, saiu em disparada para o mercado.

O trajeto

No caminho comecei a notar que a rua estava deserta. Meu olhar fixo era interpelado apenas pelos flashs dos faróis das motos que, aceleradas, buscavam seus destinos, possivelmente para entregar uma refeição. E a nossa corria o risco de não sair. Comecei a suar frio.

Alheia ao momento, comentei com o Vaudemilson: “nossa, a cidade está deserta”. Ao que ele me falou: “estamos vivendo um toque de recolher, já são mais de oito horas, está tudo fechado”. Santo Deus, pensei, não vou conseguir comprar o arroz e ainda estou desrespeitando um decreto!! Minhas mãos estavam geladas!

O motorista do Uber, na maior boa vontade, ainda me aguardou mudar o itinerário do aplicativo mais duas vezes, numa vã tentativa de fugir da realidade e encontrar as portas de algum mercado abertas. Mas encontramos apenas luzes acesas.

No caminho de volta pra casa, uma última cartada: zap para as vizinhas, quem sabe elas teriam uma xícara de arroz de risoto para emprestar? 😬 Fiz duas tentativas… ambas frustradas. Cheguei em casa desolada.

 

Abobrinha assada com alecrim

abobrinha-assada-alecrim

Nunca o nome do livro havia feito tanto sentido como hoje. Eu realmente precisei fazer o que tinha na geladeira, e não exatamente o que eu queria que tivesse.

Não poderíamos deixar que a falta de risoto abalasse a nossa janta e nem mesmo o projeto, afinal, me comprometi a fazer pelo menos duas receitas na semana. E uma delas, na terça. Além disso, queria aproveitar que o André estava de folga, afinal, ele é o meu fotógrafo preferido (e o meu maior incentivador e o meu amor).

Sentamos, ambos meio desolados, e começamos a buscar uma receita que fosse possível fazer com o que tínhamos na geladeira e também fora dela, na despensa. Foi um momento de silêncio, que dispensa comentários.

abobrinha-assada-com-alecrimEncontramos a abobrinha assada com alecrim e cebola e a foto nos pareceu linda. Então, na falta de tu, vai tu mesmo. Troquei a cebola roxa por cebola normal, as beterrabas por abobrinhas, a cenoura por pimenta dedo-de-moça e recomecei.

Essa é uma das tantas receitas práticas da cozinha de Rita Lobo. O preparo foi tão fácil e rápido, que enquanto os legumes assavam, me sentei para escrever este artigo. E enquanto saboreio a deliciosa abobrinha assada e bebo um suco de uva integral em uma taça de cristal, termino de escrever este texto ao lado do meu amor, que separa as fotos para montarmos a nossa bela e já tradicional galeria.

Gostinho de frustração?? Não, de esperança… quem sabe, no fim de semana que vem, teremos risoto?!

 

 

 

17 respostas para “O que não tem na geladeira – abobrinha assada com alecrim”

  1. Para variar adorei o seu trabalho. Tanto o da cozinha quanto o da escrita que é muito boa e gostosíssima de se ler. Beijos docinhos da sua tia Marisa-Madrinha-Doidona-GPS

    • Ri, as receitas da sua xará são surpreendentes. Vira e mexe o Dex comenta: de novo, estou sentindo um sabor que nunca senti. São combinações bem diferentes. E as fotos do Dex faz tudo parecer ainda melhor! Logo você verá isso na prática. 😉

    • Ahhh, tia querida, muuuuito obrigada por esse carinho tão gostoso!! Às vezes fico pensando no sentido desses textos, sabe? Não são informativos, não são educativos, por que as pessoas leriam? Penso em parar. Aí vejo os comentários e me animo a continuar! 🥰🥰

  2. Vende no supermercado! Amei o texto, pra variar. Minha Jornalista favorita sempre acerta as palavras e cria um clima delicioso e contagiante! E amei também o improviso, o se não tem tu vai tu mesmo, quem não tem cão caça com gato! E fica no ar o gostinho da esperança! Obaaa! No fim de semana teremos risoto! Teremos risoto?

  3. Gente!!!!!!!!! Vocês esqueceram o arroz para o risoto… Tudo bem acontece nas melhores cozinhas. Perdi as contas de quantas vezes tive que mudar a receita porque faltava um Ingrediente.
    No primeiro bolo que a Lu resolveu fazer aconteceu isto. Ela estava super empolgada e pela primeira vez íamos fazer buttercream estimulada pelo programa Mandou Bem. Estava tudo certo até que de repente…. cadê o açúcar de confeiteiro.
    Pior, resolvemos improvisar. Vocês podem imaginar o resultado. CATASTRÓFICO! Depois mando a foto para vocês.
    Su, suas histórias são maravilhosas. Fico muito contente em poder participar palpitando por aqui.
    Um super beijo para vocês!
    * Ah, amanhã é dia de mercado, não esqueça do arroz 😉

  4. Você é maravilhosa Su..
    Ouvi sua voz, enxerguei seu rosto aflito com aquele sorriso de desespero ao fundo sabe, rsrsrsrs.. em cada linha que você escreveu. Parabéns pelo trabalho e muito sucesso. Amo você…beijos

    • Gi, querida, que carinho mais gostoso!! Obrigada por ler e por escrever aqui!! Isso me motiva demais!! E vou te contar… dias depois, o risoto saiu!! rsrs Vou contar isso hoje no blog. Beijos!! <3

  5. Já estou pensando num banquete para fazermos juntas, com as receitas veganas da Rita e acho que essa já entrou no menu. Tô até babando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba Nossas Novidades

Cadastre-se para receber as nossas novidades e dicas.

Contato


    Endereço

    São Carlos - SP

    Telefone

    (16) 99119-2552

    Email

    suzana@ventonorosto.com.br

    andre@ventonorosto.com.br