Os desafios de cumprir o desafio que eu mesma inventei - Vento no Rosto

Vento no Rosto - Produção de Textos e Livros – Fotos e Vídeos

(16) 99119-2552
Vento no Rosto - Produção de Textos e Livros – Fotos e Vídeos

Palavras ao vento

Mulher vencendo o desafio de saltar entre montanhas

Os desafios de cumprir o desafio que eu mesma inventei

Eu não imaginava que seria assim. Ingenuidade minha, eu deveria ter previsto, afinal, eu estou fazendo um curso de planejamento. Mas tudo bem, eu chego lá. O fato é que quando eu me propus o desafio de fazer atividade física durante 30 dias seguidos e, nesse período, não repetir o look de trabalho, eu não considerei na minha agenda que eu precisaria de um tempo para fazer as postagens do blog. Erro de principiante!

Esse foi só o primeiro desafio, mas logo no segundo dia, encontrei outro: acordei cansada, o dia estava nublado e ventava muito. Aí é que está a diferença entre eu ter feito a proposta de transformar a vida sem estar à beira da morte…. eu consegui caminhar 30 minutos. Se não tivesse esse foco, certamente, não teria ido! Então foi bom. Desafiador, realmente, mas muito bom. Acho que ganhou o nome certo.

Outra atividade inerente a essa minha proposta é a produção de fotos, afinal, como vou mostrar os looks e as atividades? Mas ontem, em meio ao cansaço que eu sentia, a foto foi feita no fim da noite, na mesa, após o jantar. Relevem, tá?

Fazer sem motivação para cumprir o desafio

O que percebi é que terei que fazer as coisas que têm que ser feitas mesmo sem motivação. Confesso que no primeiro dia, eu não tinha notado isso. Estava animada, motivada pelo início do desafio. Fiquei até um pouco ansiosa. Talvez por isso eu tenha dormido menos à noite e acordei cansada na terça. Foi aí que me deparei com o dilema.

Mas hoje – quarta-feira – percebo o quanto foi bom insistir. Acordei bem mais animada, antes ainda do despertador, tocar e recomecei com mais energia e feliz por ter conseguido cumprir o desafio ontem, mesmo sem motivação! Para mim, está claro: não será fácil, mas talvez seja recompensador.

Lutando com a preguiça

Uma coisa eu já percebi, será uma luta diária. A verdade é que eu morro de preguiça de me arrumar. Nunca fui muito boa em escolher looks como eu gostaria, o que dificulta essa história. Meu marido – que tem olho afiado para as artes gráficas (e também pro desenho, pra música e pra fotografia… ah, não, pra música é o ouvido que é afiado 🤪) – é bom em me ajudar com isso. E com muitas outras coisas, aliás.

Mas ultimamente, estou bem acima do peso, o que torna o processo de escolha das peças para montar os looks um pouco mais penoso do que o habitual. O fato é que será um bom exercício e, quem sabe, um incentivo para caber nas roupas guardadas no maleiro. Mas esse é assunto para outro dia.

Agora, vamos aos looks dos dois primeiros dias:

 

Suzana usando dois looks diferentes
Dia 10/01 – Look 1 para ir ao coworking. Dia 11/01 – Look 2 – para o home office

 

2 respostas para “Os desafios de cumprir o desafio que eu mesma inventei”

  1. Suuuu, que beleza! (Disse o seu. Unhado).
    Eu ia dizer que você é linda mesmo acima do peso (aposto que o meu cunhado concorda!) E que o seu chinelo é chique!
    Mas cuidar da saúde é sem pre bom. E eu já curti as duas fotos.
    Mas também quero foto de você se exercitando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba Nossas Novidades

Cadastre-se para receber as nossas novidades e dicas.

Contato


    Endereço

    São Carlos - SP

    Telefone

    (16) 99119-2552

    Email

    suzana@ventonorosto.com.br

    andre@ventonorosto.com.br